ÍNDICE GERAL
PREFÁCIO – CONTRIBUTO PARA A ANÁLISE DOS EFEITOS DA FORMAÇÃO CONTÍNUA
João Formosinho

INTRODUÇÃO

CAPÍTULO I
ANÁLISE DE ESTUDOS E DE RELATÓRIOS NO ÂMBITO DA FORMAÇÃO CONTÍNUA DE PROFESSORES EM PORTUGAL
1. Referenciais conceptuais da análise da formação contínua
2. Políticas e práticas de formação contínua no âmbito dos CFAE
3. Reflexão final – recomendações

CAPÍTULO II
A OPINIÃO DOS PROFESSORES
1. Caracterização dos professores participantes
1.1 A formação: expectativas, concretização e apreciação
1.1.1 Missão da formação contínua
1.2 Razões para frequentar a formação contínua
1.3 Características da formação frequentada
1.4 Características das acções frequentadas consideradas relevantes
1.5 Mudanças nas práticas profissionais e na vida das escolas
1.5.1 Mudanças nas práticas profissionais
1.5.2 Mudanças na vida das escolas
1.6 Satisfação e aspectos positivos da formação contínua
1.7 Síntese conclusiva
2. A formação: condições organizativas e constrangimentos
2.1 Outros critérios circunstanciais com influência na escolha da formação
2.1.1 Fragilidades da formação
2.2 Apreciação do trabalho realizado pelos CFAE
2.3 Síntese conclusiva

CAPÍTULO III
OS CENTROS DE FORMAÇÃO E ASSOCIAÇÃO DE ESCOLAS
1. O guião de auto-avaliação dos CFAE
2. Caracterização dos respondentes
2.1 Apresentação descritiva dos resultados: as lógicas organizacionais segundo as quais os CFAE definiram a sua existência e planearam a sua actividade
2.1.1 Representação sobre os objectivos dos CFAE
2.1.2 Desenvolvimento de outras acções
2.1.3 Formas de recrutamento dos formadores
2.1.4 Identificação dos técnicos e especialistas que trabalharam nos CFAE
2.1.5 Relação com as estruturas de coordenação
2.1.6 Modelo de funcionamento dos CFAE
2.2 Padrões de continuidade e sinais de mudança na actividade dos CFAE
2.2.1 Modalidades de formação
2.2.2 Selecção da formação a oferecer
2.2.3 Inventário das necessidades de formação
2.2.4 Planos de formação
2.2.5 Receptividade da formação
2.2.6 Avaliação da formação
2.3 O futuro dos CFAE
3. Relatórios de auto-avaliação e de avaliação externa
3.1 Os CFAE e as suas regiões
3.2 Os CFAE antes e depois de 2004
4. Síntese conclusiva

CAPÍTULO IV
OPINIÕES DOS FORMADORES
1. Caracterização dos formadores respondentes
2. A formação: expectativas, concretização e apreciação
3. A formação: condições organizativas e constrangimentos
4. Balanço da formação contínua de professores
5. Dados analisados e Termos de Referência para o processo avaliativo
6. Síntese interpretativa

CAPÍTULO V
ESTUDOS DE CASO
1. O CFAE Norte
1.1 Breve caracterização
1.2 Perspectivas dos participantes
1.2.1 O ponto de vista do Director do CFAE
1.2.2 A visão de Presidentes de Conselhos Executivos de Escolas Associadas
1.2.3 A opinião de formadores
1.2.4 A opinião dos formandos
1.3. Cruzando discursos… construindo aproximações
1.4. Análise dos Relatórios de avaliação dos planos de formação do CFAE Norte
2. CFAE Sul
2.1 Breve Caracterização
2.2 Os discursos dos participantes
2.2.1 O ponto de vista da Directora do CFAE Sul
2.2.2 A visão de Presidentes de Conselhos Executivos de Escolas Associadas
2.2.3. A opinião de formadores
2.2.4. A opinião dos formandos
2.3. Análise dos Planos de Formação e Relatórios do CFAE Sul (1998, 2001 e 2006)
3. Considerações finais

CONCLUSÕES
1. Aspectos prévios e gerais
2. Uma leitura sintética dos resultados
2.1 Os professores e a sua qualificação
2.2 A vida das escolas como um não lugar
2.3 Os CFAE e os referenciais da formação entre constrangimentos e inovação
2.4 Os formadores entre os referenciais da formação e as práticas de formação
3.Alguns aspectos sobre as dimensões de que dependem os resultados da formação
3.1 Estrutura organizativa
3.2 Consistência científico-pedagógica
3.3 Lógica funcional e correlativa eficiência
3.4 Actividade realizada

Requisitar
Categoria: Etiqueta:

Reviews

Reviews

There are no reviews yet.

Seja o primeiro a avaliar "Formação Contínua de Professores 1992 – 2007"

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *